Caminhada Tupinambá 2011


do site CEDEFES

Relembrando mais de 70 anos da História de resistência dos Índios Tupinambá de Olivença

DIA : 25 DE SETEMBRO DE 2011 ( DOMINGO)

LOCAL  DA SAÍDA : PRAÇA DE  OLIVENÇA  ÀS  8h30min

CHEGADA :  RIO CURURUPE

Em 22 de abril de 1500, colonizadores portugueses liderados por Pedro Alvares Cabral invadiram e se apossaram dessa nova terra que veio a ser chamada Brasil.

Aqui chegando  encontraram logo de início habitantes de outra Nação; o povo Tupinambá. Além de desconsiderar e de desprezar os primeiros habitantes desta terra,  os colonizadores europeus  praticaram atitudes cruéis e sanguinárias, como a escravidão dos índios, e trouxeram doenças, condenando a grande maioria dos Tupinambá à morte.

A prática do extermínio continuou ao longo do tempo. A ganância pelas terras indígenas aumentava com o passar dos séculos, e com isso prosseguia o massacre dos Índios remanescentes de Olivença.

No dia 26 de setembro de 1937 aconteceu em Ilhéus, nas margens do Rio Cururupe, mais um grande massacre de Índios, conhecido  pelos mais velhos como: “A ÚLTIMA REVOLTA DE MARCELINO”. Neste massacre,  vários índios foram mortos brutalmente e nunca se fez um julgamento para punir os culpados.

O movimento que ficou conhecido como “A Revolta de Marcelino”; começou em 1929, conforme se lê no texto abaixo, extraído da dissertação de mestrado da Profaª  Maria Hilda Paraíso: “ os índios na área dos coronéis do cacau”. A construção da ponte do rio cururupe teve reflexos graves aos índios de Olivença…. A reação dos “caboclos” de Olivença terminou  por se processar em 1929, sob o comando de Marcelino, o seu líder.

O argumento a recuperar a terras perdidas e de expulsarem os atuais ocupantes da área da antiga aldeia….

A reação (das autoridades da época0 foi imediata, e  em  novembro de 1929, uma caravana de praças de polícia e de inspetores de quarteirão deslocou-se para o Cururupe, iniciando a repressão aos revoltosos…

O governo venceu e instalou  a linha Ilhéus x Olivença, usando caminhões como veículos…

Assumindo o compromisso

Diante do martírio passado  dos índios Tupinambá de Olivença que hoje continua através da fome, da falta de terras para trabalhar e da ausência de políticas públicas diferenciadas  que garante a educação, saúde, moradia e transporte, é que o povo Tupinambá de Olivença convoca toda a população ilheense e visitantes para estarmos juntos no domingo dia 25 de setembro de 2011 para dizer não à tanta violência, ao preconceito  que ainda hoje se reflete no século XXI.

Índios e não  índios estarão juntos nesta peregrinação , para dizer sim ao projeto  de vida que nos chama todos e todas de filhos e filhas de um  mesmo PAI,  Deus! Ou Alah! Oreru! Tupã! Jha! Vamos glorificar ao Nosso Pai Criador e apoiar na justa luta do Povo Tupinambá de Olivença e pela demarcação de suas terras.

Venham ser adubo da TERRA onde os Tupinambá possam celebrar o Deus da vida com oMANTO SAGRADO, enquanto POVO TUPUNAMBÁ  TERRAS TUPINAMBÀ

APOIO:

Maiores informações sobre a 11ª Peregrinação ou caminhada pelo tel:

Nádia Akauã  Tupinambá:             73- 3632- 9719       /             73 -9914-7576       /            73 8158-7589

Cacique Ramon Tupinambá:             73- 8116-1176

Anúncios

Sobre União - Campo, Cidade e Floresta

Noticias das LUTAS DOS POVOS EMPOBRECIDOS - NO CAMPO, NA CIDADE E NA FLORESTA.
Esse post foi publicado em indigenas, Luta Indigena. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s