[FILME COMPLETO] In Girum Imus Nocte Et Consumimur Igni


“In Girum”, tanto as imagens como a narração, tem dois temas principais. O primeiro é a água, daí as citações poéticas de Li Po, Omar Khayam, Heraclitus, Bossuet, Shelley, evocando o fim dos tempos e associando o fluir da água com o fluir de tempo. O segundo tema é o fogo, o brilho momentâneo, a revolução, São-Germain-des-Prés, a mocidade, o amor, a negação da noite, o Diabo, as batalhas e as “missões não realizadas” onde o encanto do “caminho dos viajantes” é destruído, os desejos na noite do mundo (“nocte consumimur igni”). Mas a água remanescente do tempo finalmente domina e extingue o fogo. O brilho da mocidade de São-Germain-des-Prés, o fogo ardente da Brigada Luz, os avanços “sob o fogo do canhão do tempo” submergem na água corrente do seu século… Guy Debord, 1977

Anúncios

Sobre União - Campo, Cidade e Floresta

Noticias das LUTAS DOS POVOS EMPOBRECIDOS - NO CAMPO, NA CIDADE E NA FLORESTA.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s