A História do povo Tupinambá de Olivença que não está nos livros


do site Indiosonline

Por: Kaluanã Tupinambá

Ha quinhentos anos atrás os portugueses invadiram nossas terras, deram o nome de Brasil a nosso território ancestral e apelidaram os nativos como índios, achando que tinham chegado a índia. Ai começou toda a desgraça contraos povos nativos, contra os verdadeiros guardiões dessa terra. Os portugueses enganaram, mataram, escravizaram, estruparam anossas índias e dizimaram muitos povos.
Aqueles povos que não morreram foram forçados a fazer tudo que os portugueses queriam. Não falar mais nossa língua materna, obrigaram-nos a vestir roupas e não fazer mais nosso ritual sagrado, ou seja,querendo descaracterizar um povo que sempre teve sua própria cultura.
Hoje estamos exigindo nossos direitos, que sabemos que temos desde muito tempo bem antes da invasão. Mastambém queremos lembrar nossos direitos que estão escritos perante a Constituição Brasileira, onde tem a obrigação de demarcar, homologar e desintruzar todo nossoterritório tradicional e ancestral. Território onde vivemos os índios e que em pleno século 21, nós Tupinambá de Olivença sofremos discriminação, preconceito e até ameaça de morte, sem nenhum respeito com nós índios que sempre tivemos nosso jeito de viver.
Agora os fazendeiros e o resto dos coronéis, falam que vivem nessa terra ha 80 anos, mas eles esquecem que bem antes de Pedro Álvares Cabral invadir o Brasil, nos nativos chamados de índios da etnia Tupinambá, já habitávamos essas terras.
Governo, fazendeiros e coronéis não falam dessa divida que tem com o povo Tupinambá de Olivença.Lembremos que em 1560 Men De Sá ordenou que matassem todos os Tupinambá de Olivença, o que ficou conhecido na história como a Batalha dos Nadadores no rio Cururupi, que significa rio dos sapos. Mas também ficou conhecido como rio de sangue porque a água do rio ficou vermelha como sangue. Centenas de corpos dos guerreiros Tupinambá foram colocados enfileirados no meio da praia. Quem não morreu fugiu.
Mesmo todo mal que os portugueses, fazendeiros e coronéis fazem contra nós índios Tupinambá de Olivença eles tem que saber que das árvores que eles derrubaram, ficaram muitas sementes e essas sementes brotaram e vem brotando a cada dia que passa.

Esta matéria foi publicada originalmente na Rede Índios on Line – http://www.indiosonline.net

Anúncios

Sobre União - Campo, Cidade e Floresta

Noticias das LUTAS DOS POVOS EMPOBRECIDOS - NO CAMPO, NA CIDADE E NA FLORESTA.
Esse post foi publicado em indigenas, Luta Indigena, Tupinambá. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s