COMITÊ INTERNACIONAL DE SOLIDARIEDADE AO POVO GUARANI e KAIOWÁ

“A concepção de poder público foi privatizada pelos interesses econômicos. E nesse sentido, não há espaço para a cultura, principalmente para cultura indígena”, afirmou Marcelo Freixo em defesa dos Guarani-Kaiowá (MS) e do Museu do Índio (RJ), no plenário da Alerj, em 24/10/12.

Ver o post original

Anúncios

Sobre União - Campo, Cidade e Floresta

Noticias das LUTAS DOS POVOS EMPOBRECIDOS - NO CAMPO, NA CIDADE E NA FLORESTA.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para

  1. lucia disse:

    NOSSO POVO INDIGENA CHEGOU ESTA NESTAS TERRAS A MUITO TEMPO E MERECEM SER RESPEITADOS, PORQUE O GOVERNO FEDERAL NÃO RESPEITA ESTE POVO SOFRIDO, JA QUE FAZEM POLITICA PROMETENDO AÇÕES QUE NUNCA AJUDAM E SIM DESTROEM, ESTAS TERRAS SÃO INDIGENAS POR LEI E SOU A FAVOR DE QUE FIQUEM EM PAZ E NÃO OS PREJUDIQUEM.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s