Manifesto Internacional – LIBERDADE aos Presos Políticos Mapuche


LIBERDADE aos Presos Políticos Mapuche

Janeiro 2013

Nós, artistas, acadêmicos, organizações indígenas, civil, social e popular de diversas nacionalidades, desejamos tornar público as irregularidades e iniquidades cometidas no processo penal contra os presos políticos Mapuche no Chile, Ramon e Llaitul Hector Llanquileo Pilquiman Carrillanca -membros da Coordinadora Arauco Malleco- assim como o descumprimento de algumas garantias para o cumprimento digno de suas sentenças.

Achamos alarmante a transgressão de alguns dos mais básicos princípios jurídicos como o “duplo risco”, isto é, que a pessoa possa ser julgado duas vezes pela mesma causa, e do uso de “testemunhas secretas”, como aconteceu neste caso, a violação de segurança jurídica. Estamos também extremamente preocupados com o fracasso dos direitos humanos, considerando-se que não pode haver a criminalização do protesto social como resposta do Estado às demandas indígenas por terra, território e autonomia.

Nós fazemos um forte apelo ao Governo do Chile para garantir o devido processo para os detentos, para rever as irregularidades em seu julgamento, para garantir as condições carcerárias decentes e finais, no mínimo, a sua acusação injusta. Além disso, chamamos a respeitar os direitos e garantias fundamentais do povo Mapuche, a reconhecer os direitos dos povos indígenas consagrados na Convenção 169 da OIT e responder com urgência às exigências dos presos políticos em greve de fome.

Nós nos juntamos as outras vozes para a solidariedade internacional para mobilizar a libertação de presos Mapuches. Finalmente, enviar uma mensagem de solidariedade de várias partes os presos e suas famílias, e para que os povos e especialmente o povo Mapuche não está sozinho.

Comitê de Apoio ao Povo Mapuche

Tribunal Popular

Instituto Abya Yala

Luta Popular

Movimento Indígena Revolucionário

Acampamento Indígena Revolucionário

para adesão, assinem no comentários

Anúncios

Sobre União - Campo, Cidade e Floresta

Noticias das LUTAS DOS POVOS EMPOBRECIDOS - NO CAMPO, NA CIDADE E NA FLORESTA.
Esse post foi publicado em indigenas, Internacional, Luta Indigena. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Manifesto Internacional – LIBERDADE aos Presos Políticos Mapuche

  1. Minha completa e total adesão
    Clovis Pacheco Filho, São Paulo, jornalista, sociólogo e professor universitário,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s