Nota da Aty Guasu Guarani e Kaiowá contra genocídio


da pagina da Aty Guassu no facebook

Esta nota da comissão da Aty Guasu visa destacar a ordem da justiça federal e a posição dos fazendeiros/políticos do Mato Grosso do Sul frente à decisão da justiça e governo federal.
Citamos a seguir o trecho do teor da decisão da juíza federal Cecilia Mello, a respeito de demarcação de território tradicional tekoha guasu Pyelito Kue/Mbarakay-município de Iguatemi-MS, constante no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0029586-43.2012.4.03.0000/MS e 2012.03.00.029586-3/MS.

“A Fundação Nacional do Índio – FUNAI deve adotar todas as providências no sentido de intensificar os trabalhos e concluir o mais rápido possível o procedimento administrativo de delimitação e demarcação das terras”.

Por fim, Desembargadora Federal CECILIA MELLO, decidiu assim:

“Autorizo a Fundação Nacional do Índio – FUNAI e outros órgãos governamentais – especialmente a Agência de Saúde – a adentrar na área sub judice, a fim de prestar toda e qualquer assistência que se fizer necessária à população
silvícola ali alojada”.

“São Paulo, 30 de outubro de 2012
CECILIA MELLO
Desembargadora Federal”

É importante destacar que essa decisão judicial foi expedida no dia 30 de outubro de 2012, mas até os dias de hoje (05 de fevereiro de 2013), o fazendeiro da fazenda Cambara, não permitiu a entrada de nenhum funcionário (FUNAI, SESAI, PF,) do governo federal ao acampamento Pyelito kue. No mês de janeiro, os funcionários da Fundação Nacional dos índios juntamente com a Polícia Federal e Força Nacional, tentaram mais uma vez a adentrar no acampamento isolado Pyelito Kue, porém, o fazendeiro não deixou a entrarem. Enquanto isso, as comunidades Guarani e Kaiowá de Pyelito kue permanecem sem assistências, passando miséria e doentes. Essa posição do fazendeiro claramente evidencia que ele é truculento e ignora a decisão da justiça federal, deixando os indígenas isolados alimentando o genocídio Guarani e Kaiowá. Diante disso, solicitamos a punição rigorosa ao fazendeiro, visto que ele está decretando o extermínio dos indígenas de Pyeito kue/Mbarakay.

Atenciosamente,

Tekoha Guasu Pyelito kue/Mbarakay, 05 de fevereiro de 2013.

Lideranças Guarani e Kaiowá da Aty Guasu contra GENOCÍDIO

Anúncios

Sobre União - Campo, Cidade e Floresta

Noticias das LUTAS DOS POVOS EMPOBRECIDOS - NO CAMPO, NA CIDADE E NA FLORESTA.
Esse post foi publicado em Direitos Humanos, indigenas, Luta Indigena. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s