“Estamos grávidos!” – a gravidez a dois e o parto natural.


Junte as suas notas qui… (opcional)

Minha Família Libertária

A gravidez foi um momImagemento muito importante, foi a experiência de ser um “casal grávido”, estar juntos no pré-natal, nas ultrassonografias, na preparação física, psicologia e (porque não?) espiritual para o parto.  Tínhamos um objetivo: estarmos igualitariamente juntos no nascimento do BB e ativos durante o parto.  Ser um “casal grávido” é uma experiência libertária, em que o homem também vive a gravidez acompanhando o desenvolvimento do bebe se sentido grávido espiritualmente.  Além da solidariedade do pai em, por exemplo, parar de beber junto comigo durante a gravidez e amamentação. Esta solidariedade e compromisso com a gravidez por parte do pai também é uma característica fundamental do “casal grávido”. Para mim, o envolvimento do meu companheiro com a gravidez foi fundamental para eu ter vivido um belo parto, o parto que eu idealizei.

No artigo “CASAL IGUALITÁRIO: princípios e impasses” de Tânia Salem [1], a autora descreve o que seria o…

Ver o post original 853 mais palavras

Anúncios

Sobre União - Campo, Cidade e Floresta

Noticias das LUTAS DOS POVOS EMPOBRECIDOS - NO CAMPO, NA CIDADE E NA FLORESTA.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s