Ajude a proteger a floresta com o Povo Awá-Guajá


Caros amigos,

Neste momento, a bancada ruralista do Congresso está se articulando parapassar umalei insana que poderá transformar uma das nossas reservas biológicasmais p reciosas na Amazônia num verdadeiro pasto,masjuntos podemos impedir que isso aconteça e proteger esse paraísonatural.

Animais em extinção, plantas desconhecidas e a tribo indígena maisameaçada do mundo: os Awá-Guajá, estão confinados nos 20%restantes da Reserva Gurupi na Amazônia. O resto da terra foidestruída por fazendeiros visando lucro a curto prazo. Agoraum deputado e poderoso lobby ruralista quer acabar de vez com osúltimos acres da reserva e estão se articulando fortemente paraconseguir os últimos votos de que precisam para vencer.

O voto pode acontecer a qualquer momento. Assinea petição urgente agorapara mandar uma mensagem ensurdecedora aos parlamentares indecisos deque destruir os nossos tesouros naturais em nome do lucro a curtoprazo pode somente significar um desastre para o nosso país no longoprazo. Quando alcançarmos 200.000 assinaturas a Avaaz levará a vozdas lideranças indígenas de Gurupi diretamente aos deputados.

http://www.avaaz.org/po/save_the_gurupi_rebio/?tkFFqdb

Essa reserva é o último remanescente de Floresta Amazônica que existeno Maranhão e representa menos de 20% da área original de florestano Estado. O restante já foi convertido em madeiras serradas e hojejá virou área destinada a atividades agropecuárias.

Em 1988, a terra dos Awá-Guajas foi demarcada e registrada como reservabiológica, ou seja, território protegido. Este é o último recursodeles para evitar que percam tudo o que têm. Mas o deputado WevertonRocha, apoiado por poderosos fazendeiros, quer revogar essa decisão,o que seria a sentença de morte dos Awás e sua cultura.

Em uma reportagem, um dos líderes da Aldeia Juriti deixou claro o quãoimportante é a ligação da tribo com a natureza e disse: “Osmadeireiros estão matando as árvores. Vão matar os Awá. Eu vouenfrentar os madeireiros. Eu tenho coragem.” Vamos apoiar essecorajoso líder e salvar sua casa e uma das maravilhas naturais doBrasil. Assine agora a petição:

http://www.avaaz.org/po/save_the_gurupi_rebio/?tkFFqdb

Quando os Guarani-Kaiowás foram ameçados de serem expulsos de suas terras, nossa comunidade se mobilizou rapidamente e entregou nossa petição para o Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo. Juntos ajudamos a prevenir sua remoção forçada.. Vamos nos unir mais uma vez para proteger a Amazônia e os Awás.

Com esperança e determinação,

Michael, Carol, Diego, Nádia, Luis e toda equipe da Avaaz

MAIS INFORMAÇÕES:

Paraíso Sitiado (O Globo)
http://oglobo.globo.com/infograficos/paraiso-sitiado/

Amazô nia maranhense requer atenção para continuar existindo (O Eco)
http://www.oeco.org.br/reportagens/25649-amazonia-maranhense-requer-atencao-para-continuar-existindo

Tribo amazônica Awá envia carta de alerta ao ministro da Justiça (O Estado de S. Paulo)
http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,tribo-amazonica-awa-envia-carta-de-alerta-ao-ministro-da-justica,935589,0.htm

Maranhão: o ataque a Rebio Gurupi e às terras dos Awá Guajá (O Eco)
http://www.oeco.org.br/reportagens/27750-maranhao-o-ataque-a-rebio-gurupi-e-as-terras-dos-awa-gua ja

Tribo brasileira é a ‘mais ameaçada do mundo’, diz entidade (BBC)
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/04/120425_aiwa_tribo_survival_rc.shtml

Deputado quer acabar com a Reserva do Gurupi (Vias de Fato) http://viasdefato.jor.br/index2/index.php?option=com_content&view=article&id=741:deputado-quer-acabar-com-a-reserva-do-gurupi&catid=34:yootheme&Itemid=204

Survival International
http://www.survivalinternational.org/pt/awa

Sobre União - Campo, Cidade e Floresta

Noticias das LUTAS DOS POVOS EMPOBRECIDOS - NO CAMPO, NA CIDADE E NA FLORESTA.
Esse post foi publicado em Direitos Humanos, indigenas, Luta Indigena. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s