O Exército Brasileiro em Território Tupinambá de Olivença – O uso sistemático do terror para oprimir ou impor a vontade.


Por Yakuy Tupinambá

Práticas diferentes, mas a intenção continua a mesma, exterminar com os Povos Originários do Brasil, e em tempo nós os Tupinambás de Olivença. Ao lembrar que nós acreditamos nas propostas e no discurso eleitoreiro que o PT trazia para todos os excluídos, não imaginávamos que não passava apenas de falácias, se posando de partido de esquerda, para ludibriar os que sempre sofreram por falta de oportunidade, o MUNDO precisa saber que o governo brasileiro, enviou o Exército, além da Força Nacional, Polícia Militar e Civil, onde com seus vôos rasantes de helicóptero, com câmara filmadora e armas de guerra em punho, estão partindo para o uso sistemático do terror para oprimir ou impor a vontade, tendo como agente o aparelho do Estado, a ainda encontramos pessoas que acreditam que no Brasil, nunca houve guerras, perguntamos, e o que significa isso em terras tupinambás?

“Auxiliadas por cerca de 90 veículos, as forças do Exército Brasileiro encontram-se instaladas no Estádio Mário Pessoa e o tempo de permanência das tropas no município dependerá das atividades desenvolvidas.

Cerca de 700 homens da 6ª Região Militar do Exército Brasileiro, órgão que abrange os estados da Bahia e Sergipe, estão concentrados em Ilhéus. Inicialmente, segundo o comandante da 6ª Região Militar, General de Divisão Racine Bezerra Lima Filho, a presença das tropas na cidade se deve a operações rotineiras de treinamento, concentração e interação com a comunidade local. No entanto, Lima Filho lembrou que as tropas poderão ser empregadas nos conflitos que vêm ocorrendo na região entre índios e agricultores se houver uma determinação da presidente Dilma Rousseff.

O general Racine Bezerra Lima Filho explica que um eventual emprego do Exército Brasileiro nas regiões de conflito entre índios e agricultores requer uma solicitação formal do governador da Bahia, Jaques Wagner. “A partir daí, se a presidente sinalizar positivamente, o Ministério da Defesa é acionado, com um decreto presidencial autorizando a atuação e estabelecendo os limites físicos e temporais da operação”…”

Fonte:

http://site.reclameboca.com.br/2014/02/exercito-brasileiro-realiza-treinamento-em-ilheus/

Quando a ditadura colocava essa mesma polícia no encalço da Presidenta e do Governador Jaques Wagner,e dos seus companheiros, qual seria o sentimento deles?

Quando tudo poderá ser resolvido com a DEMARCAÇÃO JÁ, do nosso território, mas faltam-lhes vontade política, respeito e cumprimento do dever, o descaso para com as questões indígena é vergonhoso.

Estamos pedindo SOCORRO a toda humanidade, queremos paz!

Esta matéria foi publicada originalmente na Rede Índios on Line – www.indiosonline.net

Sobre União - Campo, Cidade e Floresta

Noticias das LUTAS DOS POVOS EMPOBRECIDOS - NO CAMPO, NA CIDADE E NA FLORESTA.
Esse post foi publicado em indigenas, Luta Indigena, Tupinambá. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s