Giannazi visita a escola, mas curiosamente a diretora não avisa ninguém


Na ultima segunda-feira, 17 de fevereiro, o Deputado Estadual Carlos Giannazi, o principal defensor da educação na ALESP, fez uma visita à EE Antônio Manoel Alves a convite da diretora, dona Valdete Carvalho.

A visita foi para o Deputado ver de perto a situação da quadra esportiva, que agora está sem a cobertura e com riscos de desabamento no muro que divide a escola da Fundação Julita, o mesmo muro que já caiu outras 2 vezes e que tanto os estudantes quanto a coordenação da fundação querem que não exista, possibilitando a utilização das 4 quadras da Fundação Julita pelos alunos da Antonio Manoel, juntando a Julita com o Antonio.

A direção quer fazer da quadra a principal reivindicação da escola, mas outros problemas estruturais foram apontados para o Deputado, como por exemplo os Para-raios, que estão todos sem os cabos, colocando todos em risco de morte, ou infiltrações na laje da escola, que pode ocasionar o desabamento. Mas a dona Valdete preferiu gastar a verba com o Muro da vergonha, que já ocasionou o desmaio de um professor, pois o muro reduziu a circulação de ar no interior da escola, somado com os ventiladores das salas sem funcionar e a falta de água está sendo um agravo para a saúde de alunos e professores nos dias quentes, como da semana passada.

Curiosamente, a visita do Deputado foi omitida. Nem professores nem alunos souberam dela. Na segunda a tarde, 2 horas antes da visita teve o HTPC, mas não foi passado informe para os professores. Tampouco os alunos e pais foram avisados.

A Comissão Pró-grêmio e a Comissão da Comunidade só ficaram sabendo porque estes já estavam em contato com o Giannazi por conta das denuncias de violações de direitos humanos praticados contra os estudantes e o mal uso de verba pública dentro da escola, como por exemplo construir um muro sem alvará, não colocar hidrantes na escola, não colocar para-raios na escola.

Não podemos colocar a quadra como sendo o principal problema da escola, porque neste momento o principal problema da EE Antonio Manoel Alves de Lima é a sua direção.

Sobre União - Campo, Cidade e Floresta

Noticias das LUTAS DOS POVOS EMPOBRECIDOS - NO CAMPO, NA CIDADE E NA FLORESTA.
Esse post foi publicado em Não ao Muro. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s